Connect with us

Depressão

E quando não é, de fato, Depressão

Published

on

depressao

Afinal, tristeza é Depressão? O que realmente caracteriza a doença, que pode paralisar totalmente a vida do paciente, com a medicação sendo necessária?

E quando não é, de fato, Depressão

‘Vejo muita gente me falar que está deprimida, quando na verdade a pessoa está triste’, alerta a psiquiatra Ana Beatriz Barbosa. Pois ‘existe uma diferença dentro da medicina do comportamento, uma gradação’.

‘A tristeza é um estado normal do ser humano. Por sinal, precisamos de momentos de tristeza. Porque ela dá pra gente esse momento de parada’. Em outras palavras, interiorização do ser, com reflexão e em busca de autoconhecimento. Com isso, seguindo com firmeza na direção certa dos sonhos, propósitos e missões.

‘Positividade tóxica’

Beatriz Barbosa alerta para a propaganda que a sociedade moderna tenta emplacar de que não podemos ser tristes. ‘Devemos sim prezar pelos pensamentos positivos, mas a tristeza não é necessariamente um pensamento negativo’.

Em outras palavras: ‘é um estado de reflexão’. Ela cita como exemplo casos de crianças que desde muito cedo ficam alguns momentos quietas, em um canto. De fato, refletindo, e até fazendo perguntas profundas, filosóficas e espirituais, aos adultos.

Depressão

Em conclusão: ‘a Depressão não passa por um momento de reflexão ou de aprendizado. Ela toma a mente sempre com pensamentos muito ruins que não levam a nenhum tipo de ganho’. Em outras palavras, como se fosse um carro patinando na lama da negatividade, sem a tração capaz de nos tirar do lugar, que seja através da execução de pequenas tarefas que nos possibilite, pelo menos, retornar à estrada da vida.

‘O deprimido vê o mundo totalmente pelo lado ruim. Ele realmente teme tudo e não se sente capaz de nada. Inclusive vê as cores de maneira diferente. Um dia de sol, lindo, com o céu muito azul… o deprimido não consegue ver aquele azul’.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Facebook

Advertisement

Mais acessadas