Connect with us

Ansiedade

Ansiedade: os prejuízos na vida pessoal

Published

on

ansiedade

Quais os prejuízos que a ansiedade pode causar na vida pessoal do paciente? Afinal, o que realmente está falta na chamada ‘química do cérebro’?

Ansiedade: os prejuízos na vida pessoal

De acordo com a psiquiatra Maria Fernanda, o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) é o mais frequente. ‘Caracterizado por preocupação excessivas, frequentes, que causam muito sofrimento e prejuízo, seja no funcionamento social, profissional ou em outras áreas importantes da vida por pelo menos seis meses’.

Em outras palavras, ‘a pessoa fica em um estado de alerta constante e associado pode ter irritação, inquietação, como se tivesse um motorzinho ligado querendo fazer um monte de coisa ao mesmo tempo’. Além disso, cansaço excessivo, seja mental, físico, ou ambos.

Tensão

Em consequência desse estado emocional, o paciente apresenta tensão muscular e ranger de dentes. ‘Dificuldade de concentração. Tem um fluxo tão grande de pensamentos que atrapalha para manter o foco e insônia, seja a demora para iniciar o sono ou então durmo e acordo preocupado’. Assim, despertando no final da madrugada, não conseguindo mais dormir.

Mas quando surge o transtorno? Ainda de acordo com Maria Fernanda, quando estamos com certo desequilíbrio na química do cérebro. ‘O conceito de ansiedade pode ser definido como um sentimento de insegurança, de medo, de apreensão. Um temor frente a uma preocupação excessiva, com algo que ainda não aconteceu. Ou seja, um perigo que está lá no futuro. Mas que pode acontecer, dar errado, fugindo do controle da pessoa’.

Serotonina

Na maioria dos casos, o uso de medicamentos que aumente a serotonina no cérebro se faz necessário. ‘Porque aí sim, com aumento de serotonina, eu consigo controlar essa ansiedade e não deixar essa amígdala tão ativada’.

Porém não são todos tipos de ansiedade que precisam de remédio: ‘o tratamento envolve associar mudança de estilo de vida com medicações e terapia’.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Facebook

Advertisement

Mais acessadas