Connect with us

Coronavírus

Ômicron: o risco de onda global de contaminações

Published

on

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que governos precisam aperfeiçoar testagem e vacinação em massa para barrar avanço da nova variante. A Ômicron, oficialmente identificada na África do Sul na semana passada, tem risco elevado de provocar onda global de contaminação da Covid-19 alerta a entidade: primeiras impressões são de menor letalidade, porém é mais transmissível. Ela possui o dobro de mutações da Delta.

O ministro da Saúde do Brasil, Marcelo Queiroga, acredita que nova variante não provocará cenário pior do que a de outras que já circulam no país.

Dezenas de países já registraram os primeiros casos. Japão e Israel fecharam suas fronteiras para todos os estrangeiros. Laboratórios tentam ‘atualizar’ vacinas para combater a Ômicron.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Facebook

Advertisement

Mais acessadas